Anna Emerson é uma professora de inglês de 30 anos desesperada por aventura. Cansada do inverno rigoroso de Chicago e de seu relacionamento que não evolui, ela agarra a oportunidade de passar o verão em uma ilha tropical dando aulas particulares para um adolescente. T.J. Callahan não quer ir a lugar algum. Aos 16 anos e com um câncer em remissão, tudo o que ele quer é uma vida normal de novo. Mas seus pais insistem em que ele passe o verão nas Maldivas colocando em dia as aulas que perdeu na escola. Anna e T.J. embarcam rumo à casa de veraneio dos Callahan e, enquanto sobrevoam as 1.200 ilhas das Maldivas, o impensável acontece. O avião cai nas águas infestadas de tubarão do arquipélago. Eles conseguem chegar a uma praia, mas logo descobrem que estão presos em uma ilha desabitada. De início, tudo o que importa é sobreviver. Mas, à medida que os dias se tornam semanas, e então meses, Anna começa a se perguntar se seu maior desafio não será ter de conviver com um garoto que aos poucos torna-se homem.
Título: Na Ilha
Autor(a): Tracey Garvis Graves
Editora: Intrínseca
Páginas: 285
Ano: 2013
Nota: 



Anna é uma mulher de 30 anos muito bem resolvida, que gosta muito do seu trabalho. O único problema que vê em sua vida, é o fato de o namorado não pedi-la em casamento, e por pensar que o seu relógio biológico pede por filhos. Um pouco magoada com o namorado, resolve aceitar viajar para dar aulas particulares no verão, para um garoto que teve câncer e perdeu muitas aulas.
No hidroavião, em direção à ilha que passariam o verão, o piloto tem um ataque cardíaco. Ela é T.J. só tem tempo de colocar o salva-vidas antes de caírem no mar.
Eles chegam a uma  ilha, e esperam ansiosamente pelo socorro, e com o passar dos anos, começam a desacreditar que isso aconteceria. 

A primeira coisa que tenho a dizer, é que não pensei que ia gostar tanto desse livro, que se tornou um dos meus favoritos.
Anna e T.J. são dois personagens muito fáceis de gostar. Principalmente quando os vemos passando por tantas dificuldades na ilha. Os primeiros dias são terríveis, a ilha não tem água doce potável, por isso quase morrem desidratados. Até que o mar começa a trazer algumas coisas que estavam no hidroavião, o que ajuda muito.
Com o passar do tempo, os dois encontram força um no outro, e percebem que fica mais fácil levar a vida na ilha por causa dessa presença mútua. Concluem que se estivessem sozinhos, logo teriam morrido.
O que nos leva ao ponto mais delicado do livro: o romance entre uma mulher e um homem com 13, quase 14, anos de diferença.
Anna foge o quanto pode de T.J. Mas com o passar dos anos isso fica difícil.
Na ilha,T.J., que era um garoto magro, recém recuperado de um câncer, começa a se desenvolver, é forçado a amadurecer.
O romance é descrito de um jeito único, verdadeiro e delicado.

Em um certo momento, a autora colocou nos acontecimentos do livro, uma tragédia que realmente aconteceu. Isso deu mais veracidade à história. No geral, as cenas tensas são muito boas, mas essa em especial chamou minha atenção. Essas partes me faziam pensar "será que eu sobreviveria a isso?".


Em alguns momentos durante a leitura, podemos lembrar de filmes como A Lagoa Azul, ou O Náufrago. Mas não deixe de lê-lo por pensar que a história é clichê. Talvez isso de "ficar preso em uma ilha com alguém, e isso virar romance" seja sim clichê, mas a história desse livro vai além disso.
A escrita da autora é muito boa, as dificuldades que os personagens passam foram muito bem boladas, os personagens foram muito bem construídos, e o relacionamento entre eles, muito bem desenvolvido.

No final tem uma nota da autora, contando que lançou o livro primeiro de maneira independente. Achei importante comentar isso aqui, porque existem muitos autores bons que não conseguem lançar seus livros em editoras. E esse livro é uma prova de que, se você for uma dessas pessoas, é super válido lançar seu livro de forma independente. Foi por causa do sucesso independente de Na Ilha, que uma editora quis publicá-lo, e a MGM comprou os direito do livro para transformá-lo em filme.

Por último, quero fazer uma reclamaçãozinha. Esse livro foi muito pouco divulgado pela editora, e eu já o vi a venda por 7 reais, e não quis comprá-lo por pensar que deveria ser ruim. Finalmente, vi uma resenha no Instagram @2.bookgirls , e a sinopse e o que elas falaram me atraiu bastante.
Conclusão: não julgue o livro pela pouca divulgação, e pelo preço baixo.



Beijos


32 Comentários

  1. Quando vi esse livro pela primeira vez não me chamou tanto atenção, mas depois de tantas resenhas positivas quero ler :)
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. O livro despertou a minha atenção agora.. Já coloquei na listinha para ler <3

    http://itslizzie.space/

    ResponderExcluir
  3. Oi
    eu também já vi esse livro mega barato só não comprei por falta de dinheiro, que bom que gostou de ler esse a história parece ser legal e nem sabia que tinha sido comprado para um filme. A capa também é linda e que bom que gostou da leitura.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Denise!
      O ruim é que ainda não tem previsão de quando vão gravar o filme... :/

      Beijos

      Excluir
  4. Olha, confesso que, por alto assim, o livro não me atraiu não. Não é meu estilo. Mas estou bem curiosa, porque parece que vc tb pensava como eu e acabou se apaixonando pelo livro. Ainda não sei se lerei, mas o filme vou assistir, hehe!

    =)

    Suelen Mattos
    _____________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suelen!
      Na dúvida, assista o filme quando sair. Aí, se gostar, você lê o livro :D
      O ruim é que ainda não tem previsão para o filme...

      Beijos

      Excluir
  5. Gente, eu quase não vi divulgação desse livro também.
    Uma amiga minha vive me indicando ele, mas sempre protelo na leitura.
    Beijos
    Balaio de Babados | Participe do sorteio do livro Marianas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza!
      Quase não teve divulgação mesmo! Acho que a maior divulgação foi como aconteceu com você e sua amiga: uma pessoa indicando pra outra...

      Beijos

      Excluir
  6. Oi Laysa,
    Eu vi esse livro quando ele foi lançado pela Intrinseca, e fiquei com um pé atrás justamente por ter essa cara de clichê.
    Mas o meu problema mesmo é que uma séria dificuldade em gostar de livros que dependem da interação de apenas dois personagens. Nao sei explicar, mas acho monotono e previsível demais...
    Abraço,
    Alê
    www.alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alexandre!
      Não sei como te falar isso sem contar spoiler, mas apenas vou dizer: se for só esse seu problema, pode ler! Talvez no começo você ache monótono, mas depois melhora...

      Beijos!

      Excluir
  7. Ameeeei esse enredo, é o tipo de história que eu gosto muito de ler. Adoraria conhecer melhor essa obra.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriela!!
      Então pode mergulhar nesse livro sem medo! =D

      Beijos

      Excluir
  8. Oii Laysa, tudo bom?
    Já havia lido o livro antes e adorei também. Tinha cenas que eu me sentia na pele dos personagens e eu, com certeza, não sobreviveria se algo do tipo acontecesse comigo. Não sei como o peguei para ler, mas concordo com você quanto a parte da divulgação! Passei tanto tempo para lê-lo porque nunca tinha ouvido falar da história antes que, aliás, é incrível!
    Estante de uma Fangirl

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daniele!
      Então, acho que as editoras gastam mais tempo (e dinheiro) divulgando trilogias e séries adolescentes que estão mais na moda. Não que eu ache ruim, porque também gosto desses livros... Mas acho que livros como Na Ilha mereciam um pouco mais de divulgação.

      Beijos!

      Excluir
  9. Olá, Laysa, tudo bem?

    Caramba eu não conhecia esse livro, a premissa me chamou atenção, nunca li algo parecido então tenho certeza de que eu iria gostar, imagino a ideia de duas pessoas perdidas em uma ilha, um filme não tem a mesma magia que um livro inteiro carrega dentr ode si, então estou para saber quais foram os obstáculos que a autora criou, e pelo que pude notar na resenha são muitos bons, adorei.

    Beijinhos

    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!!
      Os obstáculos são realmente muito bons!
      E o livros é sempre melhor que o filme, não é mesmo? :D

      Beijos!!

      Excluir
  10. Olá, Laysa! Tudo bem?

    Embora tenha lido no comecinho do ano passado, ainda me lembro nitidamente de cada detalhe presente nessa história. Adorei a forma como a autora desenvolveu a história e nenhum momento me senti irritado com as partes mais hots presentes no livro. Acho que a autora soube muito bem escrever um romance cheio de história e com um pouco de sensualidade moderada. Na Ilha, foi uma surpresa boa e parece ter sido também para você. Que bom, não?

    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renato!!
      Concordo com TUDO que você disse!! Você fez um ótimo resumo do livro!
      E é sempre bom se surpreender com um livro assim..

      Beijos!

      Excluir
  11. Olá, Laysa.
    Eu não entendo as editoras darem tanto destaque para alguns livros e outros passarem despercebidos. A Intrínseca é uma dessas. Tem o livro Bela Maldade que paguei 5 reais e é ótimo enquanto já li outros livros da editora que paguei mais de 30 e não são tão bons. Quanto a esse livro, eu achei que era meio sem graça, mas agora vendo sua opinião, acho que vou dar uma chance.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil!
      É exatamente isso!!! Também não entendo porque as editoras fazem isso..
      Dê uma chance a ele sim!! E acho que também vou da uma chance a Bela Maldade, que também já vi baratinho e não comprei.. Outro livro (também da Intrínseca) que já vi baratinho foi Feita de Fumaça e Ossos. Achei que seria ruim, mas já vi muitas pessoas falando bem...
      Precisamos rever isso aí, né... =D
      Beijos!!!

      Excluir
  12. Oi moça!!
    é a primeira vez que visito seu blog eee que lindeza♥Já to seguindo!

    A sinopse me pareceu meio maluca, e me lembrou aquele filme que passa toda hora na sessão da tarde: Lagoa azul hahaha
    Ms depois que você explicou eu fiquei curiosa pra ler! Mais um pra listinha♥

    Um beijoo♥
    Paloma
    www.surewehaveablog.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paloma!
      Que bom que gostou do blog!! Seja bem vinda aqui!!!
      Em muitos momentos o livro se parece mesmo com A Lagoa Azul e com O Naufrago. Mas mesmo assim, não é um livro clichê...
      PS.: Adorei o nome do seu blog... Hahahah!!

      Beijos!

      Excluir
  13. Nossa, pela capa eu nunca imaginaria que eles acabariam presos na ilha por anos. Adoro histórias com desafios assim, junto de um toque de romance, então sem dúvidas vou acabar lendo um dia haha adorei a resenha!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "Os 13 porquês", vem conferir!

    ResponderExcluir
  14. Uau, fiquei muito interessado por esse livro. Sério. Não gosto de romances, mas acho que nesta situação, eu gostaria muito. Até estou dando uma pesquisada no livro aqui no buscape, mas o menor preço que achei foi 17 reais... Vou esperar baixar o preço para compra-lo.

    Abraços,

    Blog Decidindo-se \o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vinicius!
      Espere alguma promoção do Submarino ou da Americanas, porque eles sempre colocam esse livro por 9,90... ;D

      Beijos!

      Excluir
  15. Oi, Laysa, tudo bem?

    Eu não sabia que o livro tinha essa temática. Essa capa, apesar de combinar pq tem o mal e tal, passa uma ligeira má impressão sobre a história. Olhando só pra ela eu não compraria o livro.
    Gostei bastante do enredo! Vou adicionar no Skoob!

    Beijo
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tamires!!
      Realmente, a capa mais parece de uma pessoa que foi pra praia passar as férias, e não de uma pessoa que está perdida em uma ilha deserta... hahah...
      Esse é um dos motivos pra não julgar o livro pela capa, mas a gente faz isso mesmo sem querer, né?

      Beijos!

      Excluir
  16. Olá!

    Eu li esse livro e amei! *-----*
    Em certas partes, ele é clichê, mas gostei mesmo assim. A escrita da autora me envolveu totalmente, e li o livro em um dia, porque eu queria (precisava) saber o que aconteceria no final, e que final <3
    Entrou no meu top 10 melhores leituras do ano passado.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Oi Laysa
    Concordo com vc! Comprei este livro na Bienal por 5 reais! Ainda nao li (a fila aqui esta grande...rs), mas li varias resenhas positivas. Fiquei ainda mais animada pra ler agora
    Bjks mil

    www.blogdaclauo.com

    ResponderExcluir